Dicas para servir os vinhos

 

 

A temperatura depende do gosto de cada um. Lembre-se, contudo, de algumas dicas:

Os brancos quando não resfriados tendem a realçar a acidez; mas se excessivamente gelados, podem impedir a percepção do sabor.

Nunca adicione pedras de gelo ao vinho, nem coloque a garrafa no congelador, pois o resfriado bruto aniquila com a qualidade e o sabor da bebida. O ideal é usar baldes com pedaços de gelo, água gelada e sal grosso.

No Brasil, quando a temperatura no verão ultrapassa facilmente 35ºC, os tintos devem ser resfriados na parte inferior da geladeira, na porta, ou ainda num balde com água gelada por meia hora.

A escolha do copo também é importante. O tipo adequado permite enfatizar todas as virtudes do vinho. Os mais indicados são os cálices, que têm uma haste com o pé. Além de elegantes, podem ser segurados sem que se aqueça o vinho. Os ideais são de cristal ou vidro, de paredes finas, inteiramente lisos (os lapidados não permitem que a cor seja plenamente apreciada). No caso do champanhe, o ideal é o copo tipo "flute", ou flauta, e não a taça tradicional, boca larga, que faz com que a bebida perca as bolhas de gás rapidamente. Por ter a borda mais estreita, a "flute" permite uma melhor concentração e percepção de aromas.

Antes de escolher as bebidas que acompanharão seu almoço e jantar festivos, saiba que os rótulos dos vinhos, nacionais e estrangeiros, contêm preciosas informações. Além do nome do fabricante, ano de fabricação, produtor, engarrafador, traz ainda a variedade de uva que deu origem àquele vinho. Se é Cabernet, por exemplo, uma variedade tinta, da região francesa de Bordeaux; se Pinot Blanc, vem da Borgonha. Outro ponto que deve ser notado é o teor alcoólico. Os vinhos normalmente variam de 7,5 a 15 graus (o normal é 12, ou seja, 12 g de álcool por litro). Mais de 17 graus é liquidar com a bebida, pois o álcool matará os microorganismos que a produzem, a partir do açúcar.

Conservação da garrafa - A garrafa deve ser guardada deitada ou até mesmo de cabeça para baixo, se em pé, a rolha seca e permite a entrada de ar, quando em contato com o ar o vinho oxida. Também é importante manter a garrafa em um local longe de luz direta e da umidade em excesso, com temperatura entre 12 e 18°C.

Abrindo - Na hora de abrir, corte a tampa do gargalo e limpe, não é necessário usar muita força, principalmente com ajuda de um bom saca-rolhas.

Acidente com a rolha - Se cair algum pedaço da rolha dentro da garrafa, não se preocupe, é comum acontecer. Tire-os com cuidado e se preciso, coe o vinho.

Copyright © 2013 Imigrantes Bebidas